Base Summer Factory: As atrações mais quentes da cidade menos italiana da Itália, Milão

O local é uma mistura do que há de mais badalado e democrático nos dias de hoje: centro cultural, galeria de arte, coworking, bar, restaurante e acomodação; E, no verão, fica ainda mais interessante.

Foto: O pátio aberto durante o More Than Words, atração que abre o palco para todos os tipos de artistas

A pizza, as lambretas charmosas e varandinhas floridas estão garantidas, mas, quando se fala em tradições italianas, Milão fica quase de fora. No ponto mais business da Itália, no lugar dos sons de conversas exageradas repletas de gestos, ouve-se uma mistura de idiomas, músicos de rua e o ruído de carros e motos cheios de pressa. Ainda assim, a cidade está longe de ser careta. Referência no mundo todo quando se fala de design – seja gráfico, de moda, de interiores, e por aí vai, Milão possui um alto potencial artístico, e, claro, criativo.

Embora seu inverno seja rigoroso (que chega a nevar!), o verão Milanês é um dos mais quentes da Itália, com temperaturas que avançam os 40 graus mesmo após o pôr do sol – que acontece por volta das 21 horas durante a estação. Como de praxe em cidades grandes – e sem praia-, muita gente acaba fugindo para o litoral ou para a região dos lagos, mas, cada vez mais, a capital da Lombardia vem abrindo o leque e oferecendo opções interessantes para quem passa o período na cidade.

O Base é um dos responsáveis por isso. Em italiano com o mesmo significado que conhecemos em português, o nome vem justamente da estrutura inicial para criar algo novo. E lá há “algos novos” todos os dias. O local é uma mistura do que há de mais badalado e democrático nos dias de hoje: centro cultural, galeria de arte, coworking, bar, restaurante e acomodação.

No verão, fica ainda mais interessante. A Base Summer Factory (ou, na língua local, Stabilimento Estivo) é uma programação que conta com atrações bacanas todos os dias durante a época, faça chuva ou faça sol (e que sol!)

O período, que alonga um pouco a temporada de verão propriamente dita (seu lançamento foi em maio e os eventos acontecem até agosto), contou com uma festa de abertura no dia 29/5, com drinks e música boa, e desde então recebe quem quiser conhecer pessoas de papo bom e interagir com um universo de inovação e cultura através de experiências que envolvem arte, gastronomia e muita criatividade.

Durante o dia, a rotina é quase a mesma das outras estações: a partir das 9h30 é aberto o espaço de trabalho e estudo, acompanhados pelo bistrô bar do local. O que muda é o bar de verão, localizado no pátio ao ar livre, onde os drinks começam a ser servidos a partir das 18h30.

 O bar externo durante o entardecer milanês
O bar externo durante o entardecer milanês

No final da tarde, a programação começa a esquentar. Todas as segundas, por exemplo, das 21h30 à 1h, o espaço é aberto para todos os tipos de artista que tem algo a mostrar. O palco do pátio recebe leituras, debates, stand-up comedy, concursos de poesia, e por aí vai.

Já às terças, o protagonista é uma das principais tradições do país: o vinho. A degustação – de produtores diferentes a cada semana – oferece 3 tipos da bebida – tinto, branco e espumante. Tudo isso ao ar livre, ao som de jazz contemporâneo.

Quarta é dia de aperitivo. O happy-hour italiano, que combina drinks e comidinhas, no Base acontece no meio da semana, das 18h30 à 1h. A trilha sonora é por conta das web rádios levadas por estudantes das melhores – e mais descoladas – universidades de artes de Milão.

Com o fim de semana se aproximando, a programação começa a ficar mais agitada e voltada à música. Quinta é dia de aquecimento para o Linecheck, um dos festivais mais bacanas da Itália. Os pré-eventos, no Base, recebem alguns dos artistas do line-up, que apresentam suas histórias, sets e inspirações.

Além de toda a fábrica de verão, o estabelecimento recebe a Escola Estiva do Fazer criativo, isso é, uma sessão de pequenos cursos, com duração de um a três dias, sempre com foco em inovação e criatividade. Entre os temas estão ilustração, pintura clássica, web marketing e fundraising.

 O curso de desenho é um dos oferecidos pela Escola Estiva do Fazer Criativo
O curso de desenho é um dos oferecidos pela Escola Estiva do Fazer Criativo

Durante o ano todo, o Base oferece festas que misturam música experimental, DJ sets de qualidade, debates com convidados engajados em causas de destaque e outras eventos interessantes, que fazem o local estar sempre cheio e ser, cada vez mais, o ponto de encontro da gente curiosa que passa por Milão em busca de novas histórias, idiomas e formas de pensar. 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s