10 situações que só quem tem cabelo cacheado entende

Só você sabe o trabalho que dá para manter os cachos lindos e dignos de inveja

A vontade de mudar os cabelos é comum entre muitas mulheres. As cacheadas, por exemplo, muitas vezes optam por alisar os fios, na tentativa de reduzir os cuidados e preocupação. Porém, o resultado de mantê-los ao natural pode ser bem vantajoso.

Segundo o hair stylist Léo Lima, o cabelo cacheado nunca sai de moda. Quem não os tem, muitas vezes recorre a produtos e ferramentas que oferecem o efeito. Porém, as sortudas donas dos cachos naturais sabem que o visual é incrível, mas a manutenção nem tanto.

“As vantagens e desvantagens de ter um cabelo cacheado são muitas”, revela o profissional. Os cachos exigem cuidados especiais para sempre estarem com brilho e volume controlado, mas a textura também pode ajudar em alguns casos, como quando o cabelo está danificado por química ou temperatura: “dependendo do tipo de cacho, o desgaste fica até menos visível por conta do volume”.

Veja abaixo dilemas comuns de quem tem cabelo cacheado. Você já se deparou com essas situações no dia a dia?

1. Pentear o cabelo: só se ele estiver molhado

O ato de pentear o cabelo quando eles estão secos pode danificar a forma dos cachos, deixando os fios com volume e sem qualquer definição. Além disso, os cachos trazem consigo a formação de nós, o que significa que tentar penteá-los não será uma tarefa fácil.

2. Viver procurando bons xampus

Os xampus prometem diminuir o volume, definir os cachos e reduzir o frizz. Porém, você sabe que esse resultado depende também de como seu cabelo reagirá ao produto. Mesmo assim, você não resiste a experimentar uma marca nova se ouviu alguém com cabelo cacheado dizer que obteve, com ela, bons resultados. E só você sabe o quanto de tempo e dinheiro gasta com isso.

3. Ser eternamente dependente de cremes leave-in

Lavar o cabelo com xampu e condicionador e sair de casa, deixando secar ao natural: nunca. Os cremes finalizadores são fundamentais para definir os cachos, ajudando a reduzir o frizz. Eles são seus melhores amigos e merecem até uma embalagem menor para ser levada na sua bolsa.

4. Morrer de medo quando passam a mão no seu cabelo

O cabelo cacheado não foi feito para as pessoas passarem a mão ou afagarem com os dedos. Isso porque isso pode aumentar a oleosidade dos fios, além de deformar os cachos. Então, se você vê alguém prestes a fazer isso, sua reação não é das melhores.

5. Acordar cada dia com o cabelo de um jeito

“Quando você dorme os cachos se abrem e perdem o efeito, ficando com um volume descontrolado”, indica Léo. Sendo assim, olhar-se no espelho ao acordar é sempre uma surpresa. Para não piorar a situação, evite dormir com os fios molhados.

6. Não poder jogar o cabelo de um lado para o outro

O cabelo liso tem a vantagem de poder ser jogado para um lado e para o outro, preso ou solto, e ele não ficará marcado. O cacheado é bem diferente: “posicionou o cabelo tem que deixá-lo ali”, reforça o profissional. Mudar a posição vai descontrolar o volume e os cachos vão se perder. Por isso, quando você o arruma, torce para que nada o faça sair do lugar. Mas, nada impede que nos dias em que seu cabelo estiver de bom humor, você o balance como a Joelma no palco.

7. Ter a chuva e a umidade como piores inimigas

Chuva e umidade trazem sempre uma coisa: frizz. E por mais que você tente se cobrir, você sabe que o efeito será o mesmo. Às vezes, você até prefere ficar em casa a ter que lidar com esse problema.

8. Viver no limite entre um cabelo lindo e um cabelo desarrumado

O cabelo cacheado tem a vantagem de ser versátil: pode estar completamente formal ou muito mais leve, dependendo de como está arrumado. Porém, essa qualidade pode se tornar um defeito quando a descontração e leveza dos fios cacheados traz a sensação de desorganização.

9. Passar a vida tentando conter o frizz

Ele vai ser sempre o principal responsável por você não estar satisfeita com o seu cabelo, e, por isso, você passará sua vida tentando fugir dele, mesmo que essa tarefa seja a mais difícil. Sentir o vento no rosto? Para você, isso é sinônimo de frizz. Então você dispensa.

10. Mas, apesar de tudo, nunca querer alisar

E apesar de todos os esforços que eles exigem, seus cachos te passam autoconfiança e você jamais quer abrir mão deles. Quando você os vê arrumados, desiste de todas as vezes que pensou em alisá-los.

Os cachos exigem cuidados como qualquer tipo de cabelo, e podem ser até mais difíceis de controlar. Mas não se esqueça de que os esforços necessários para cada tipo de cacho dependerão da estrutura dos fios, das circunstâncias genéticas e até do seu estilo de vida. Conheça bem os seus e cuide-os da melhor forma, seja assumindo ou alisando. O importante é você se sentir bem, e seu cabelo combinar com você.


PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/situacoes-que-so-quem-tem-cabelo-cacheado-entende/ 

14 truques de beleza da vovó que ainda funcionam

Troque seus cuidados de beleza tradicionais com cosméticos pelos truques práticos da época da vovó

Desde levar o guarda-chuva porque vai chover até os segredos mais inusitados de beleza, nossas avós sempre nos ensinaram dicas infalíveis para sobrevivermos ao dia a dia. Não à toa, elas viveram muito e sabem o que é certo ou errado só pela experiência.

A beleza e a moda mudaram muito desde o tempo das nossas avós até hoje. Com isso, o comportamento das mulheres também. Porém, existem quebra-galhos que toda mulher precisa saber para tornar a vida mais prática.

Além disso, hoje, somos acostumadas a termos tudo em nossas mãos: existem produtos especiais, aparelhos próprios e tratamentos que nos oferecem os resultados esperados, enquanto, naquela época, era tudo na base do improviso.

Acompanhe as dicas abaixo e tenha a solução da sua vida para os dias que não puder carregar a chapinha ou seus cremes com você:

1. Legumes como tônico para hidratar o rosto

Além do pepino para combater as olheiras, existem outros benefícios que podemos obter com produtos da nossa geladeira. Por exemplo, a água de cozimento do repolho, espinafre, couve ou brócolis, pode servir como um excelente tônico para a pele.

Segundo a dermatologista Gabriella Vasconcellos, da Clínica Goa Health Club, “esses vegetais contêm ácidos que diminuem o inchaço e a retenção de líquido na região dos olhos, melhorando e muito as olheiras”. De acordo com a especialista, a eficácia é maior com a união de uma noite bem dormida e de uma alimentação balanceada.

Como fazer: Após cozinhar os vegetais, leve a água de cozimento à geladeira. Quanto atingir uma temperatura baixa o suficiente, aplique o líquido na pele.

2. Elimine suas olheiras com batatas

Quer evitar o corretivo e amenizar as olheiras de forma natural? As batatas são ótimas aliadas. Elas possuem propriedades calmantes que vão diminuir as olheiras e melhorar o aspecto do rosto, principalmente quando geladas, já que os “vasinhos” da região ficarão diminuídos, melhorando seu visual.

Como fazer: Amasse uma ou duas batatas inglesas, até formar uma papa, gele-as e aplique na região por cerca de 15 minutos. Ela em fatias também funciona, mas vale trocar o pedaço a cada 5 minutos.

3. Chás para cuidar da região dos olhos

Os chás também são ótimos para amenizarem os efeitos das noites de sono mal dormidas, principalmente os de camomila. Isso porque ele possui ação calmante e anti-inflamatória, ajudando a diminuir a pigmentação escura das olheiras. “Compressas frias deste chá contraem os vasos sanguíneos, tendo efeito clareador sobre a região”, indica a dermatologista.

Como fazer: Coloque dois saquinhos de chá na água fervente e deixe o chá ser preparado. Quando pronto, leve-o à geladeira. Aplique os saquinhos na região das olheiras por cerca de dez minutos e experimente ter seu rosto com uma aparência mais relaxada e menos inchada.

4. Troque as fronhas para ter uma pele jovem e sem rugas

Há quem diga que, quando dormimos, o algodão das fronhas faz com que nosso rosto seja repuxado, o que ocasiona rugas. Já Gabriella sugere que a informação é um mito: “rugas são ocasionadas apenas pela idade ou por manchinhas de sol excessivas”.

Como fazer: Use fronhas com tecidos mais suaves, como a seda ou cetim.

5. Fixe a maquiagem com água de flor de laranjeira

Fixar a maquiagem é sempre um desafio, e de nada adianta sair de casa linda sabendo que tudo aquilo vai derreter em poucas horas. Pode-se resolver esse problema com produtos da geladeira, como a água de flor de laranjeira ou um cubo de gelo. Nesse caso, a médica sugere que seja usado com cautela, para evitar queimaduras no rosto.

Como fazer: Passe água de flor de laranjeira no rosto e deixe secar. Com o gelo, basta passar o cubo no rosto todo antes da maquiagem, enxugando com um papel absorvente.

6. Vaselina para ter a pele lisinha

A vaselina é um hidratante eficaz, pois forma uma espécie de camada protetora por cima da pele. Segundo a Gabriella, “ela auxilia na recuperação da hidratação da pele, devido ao seu grande teor de antioxidantes e minerais, como magnésio e potássio”. A dermatologista ainda dá a dica: use o produto nos joelhos e cotovelos, por serem regiões mais secas.

Como fazer: Passe o produto nas mãos e nos pés antes de dormir e acorde com a pele lisinha e hidratada. Para evitar manchas nos lençóis, invista nas meias e luvas de silicone.

7. Diminua os poros com água gelada

Os poros revelam quando o rosto está cansado. Aplicando água gelada no rosto, ela ‘apertará’ a pele e os poros temporariamente, isso porque contrairá os vasos sanguíneos. “O mais importante é saber que a água gelada deve ser aplicada ao rosto depois que ele estiver 100% limpo, com sabonete facial e os tônicos de limpeza”, indica a especialista.

Como fazer: Encha uma bacia com água gelada e cubos de gelo. Coloque o rosto na bacia, mantendo-o no lugar de 8 a 10 segundos. O frio é suportável, basta pensar nos resultados!

8. Pele saudável com vinagre de maçã

Muitos são os benefícios do vinagre de maçã, seus resultados na pele são incríveis, já que pode ajudar no tratamento da acne. Gabriella Vasconcellos pontua “em caso de alergia ao vinagre, não se deve utilizá-lo de jeito nenhum. Fora isso, por ser rico em ácidos, ele fecha os poros da pele, diminuindo a incidência de acne”.

Como fazer: Misture uma parte do vinagre de maçã para quatro partes de água e aplique no rosto antes de dormir, depois de lavá-lo. Caso não veja resultados, experimente aumentar a proporção do produto na água.

9. Livre-se das peles mortas

O melhor jeito de eliminar as peles mortas é com um bom esfoliante. E uma opção é fazê-lo em casa, com ingredientes da cozinha, como açúcar e azeite de oliva. A médica sugere que “ingredientes como açúcar, azeite de oliva e fubá podem ser utilizados como esfoliantes caseiros para o corpo, por possuírem poderosos antioxidantes e minerais, mas é preciso que a paciente consulte seu dermatologista para saber a necessidade de cada caso”.

Como fazer: Faça uma mistura de açúcar e azeite de oliva ou de coco, na proporção de 2 para 1. Aplique no rosto fazendo movimentos circulares suaves, lavando com água morna no final do processo.

10. Tenha a pele hidratada com abacate

Sabe aquele abacate que já está aberto na sua geladeira? Aproveite-o para fazer uma máscara facial que deixará seu rosto hidratado e sem vermelhidão. A dermatologista confirma a eficácia: “Por ser rico em vitaminas A e C, o abacate ajuda a hidratar e a nutrir a pele. Ele é ótimo para estimular a produção de colágeno no rosto, atuando no antienvelhecimento”.

Como fazer: Amasse bem o abacate e espalhe-o pelo rosto, deixando por cerca de 20 minutos. Ao final do processo, enxágue a pele com água morna.

11. Pele sem vermelhidão com colírio

Isso mesmo, colírio. O medicamento é feito para reduzir a vermelhidão dos olhos, mas o efeito pode ser obtido em outras partes do corpo também. Está com uma espinha vermelha que nem o corretivo é capaz de esconder? O colírio pode ser a solução! Porém, atente-se aos riscos: “Por conter um alto nível de ácidos e substâncias químicas, pode manchar a pele”, atesta Gabriella.

Como fazer: Aplique colírio em um algodão e coloque sobre a região afetada, deixando por alguns minutos. No final, a espinha continuará em seu rosto, mas sua cor estará mais uniforme.

12. Dê vida às pontas do seu cabelo com azeite

Com o passar do tempo, após cortar, as pontas dos fios começam a ficar ressecadas e sem vida. Esse problema pode ser facilmente resolvido com azeite de oliva. Quanto aos riscos, o ideal é que o produto não seja usado sozinho, pois “pode causar um caimento pesado ao cabelo, criando uma espécie de ‘engorduramento’ do fio”, sugere a especialista.

Como fazer: Em um copo, coloque metade do conteúdo de azeite de oliva e leve ao micro-ondas por cerca de 10 segundos. Após levemente aquecido, aplique-o no cabelo, deixando-o por 20 minutos. No final do processo seus fios estarão brilhantes e maleáveis.

13. Cílios lindos com curvex

O curvex é o melhor amigo daquelas mulheres que não têm cílios muito grandes e curvados, mas existe uma forma de otimizar mais ainda seu uso. Assim como nosso cabelo, que modela com mais facilidade quando quente, nossos cílios podem ficar mais curvados quando modelados a partir de uma temperatura maior. Mas cuidado: a dermatologista indica que, devido à alta temperatura, a técnica pode causar queimaduras nos fios e na região dos olhos.

Como fazer: Passe o secador de cabelo pelo curvex, aquecendo-o. Teste a temperatura em sua mão para ter certeza de que não está quente a ponto de queimar e use-o nos cílios, com muito cuidado para não queimar ou machucar os olhos. Seus cílios ficarão como se fossem postiços!

14. Aumente a potência de seu lápis de olho

Esquentar o lápis de olho também pode ser uma boa ideia. O material do lápis, quando em contato com uma temperatura mais alta, derrete. O que facilita a aplicação e deixa o traço mais forte. Porém, da mesma forma que o anterior, existe o risco de queimaduras. “Um bom lápis de olho à prova d’água é o mais indicado”, conclui Gabriella.

Como fazer: Com um isqueiro, coloque a chama próxima à ponta do lápis por um ou dois segundos. Certifique-se de que não está muito quente antes de passar no olho. Tenha muito cuidado para não se queimar ao experimentar esta técnica.Use e abuse das dicas da vovó para ficar sempre em dia com o visual. Vale lembrar que a eficácia das técnicas pode variar de acordo com o tipo de pele ou de cabelo de cada mulher. Além disso, não dispense a ida a um especialista para ter orientações mais específicas ao seu caso.


PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/truques-de-beleza-da-vovo-que-ainda-funcionam/ 

Conheça a máscara preta removedora de cravos

Saiba como funciona o produto que promete acabar com os famosos pontinhos indesejados no rosto

A pele é o principal cartão de visita das pessoas. De nada adianta um cabelo bem penteado ou uma roupa elegante se a pele não estiver impecável: nem seca, nem oleosa, e, principalmente, sem uma aparência suja.

Essa ‘sujeira’ normalmente é ocasionada pelo acúmulo de gordura no rosto, que acaba entupindo os poros e deixando aqueles horríveis pontinhos pretos aparentes. São os famosos cravos.

Toda mulher sabe que o segredo de uma pele perfeita é cuidá-la, lavando com sabonetes especiais pelo menos duas vezes ao dia, usando tônicos, hidratantes e protetores solares, e sempre se lembrando de tirar a maquiagem ao fim do dia. O problema é que muitas vezes isso não é suficiente e a mulher recorre a outras soluções: limpezas de pele, ácidos, cremes especiais e outros truques.

Uma solução para a acne e para os indesejados cravinhos tem conquistado as mulheres: a famosa “máscara preta”. Com textura grossa que lembra uma cola, a máscara promete reduzir os cravos do rosto e traz com ela muitos outros benefícios.

Resultados esperados

A máscara preta promete diminuir a presença dos cravos e da acne graças à limpeza profunda oferecida. Será que ela é capaz de colocar um fim nesse problema tão recorrente?

Segundo a Dra. Flávia Ravelli, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a máscara traz muitos benefícios: “além de ação anti-acne, anti-cravos e anti-oleosidade, a máscara preta ainda atua clareando as manchas, possui ação cicatrizante, anti-inflamatória, antioxidante e hidratante”.

A máscara preta pode ser uma forte aliada daquelas mulheres que sofrem com marcas da acne, já que clareia as manchinhas, e das mulheres mais experientes: “É especialmente útil na acne da mulher adulta, onde optamos por produtos que, além de tratarem a acne, possuem ação rejuvenescedora”, reforça a médica.

Como usar

A textura da máscara é grossa e pesada, o que facilita na hora da aplicação e permite formar a espessura necessária no rosto para obter os resultados. Para não errar na aplicação, basta seguir os passos:

  1. Lave seu rosto com sabonete específico para sua pele;
  2. Aplique um pouco do produto nos dedos e leve para o rosto, espalhando uniformemente. A aplicação também pode ser feita com a ajuda de um pincel, mas, por ter uma textura que lembra cola, a máscara pode deixar as cerdas do pincel endurecidas;
  3. Espalhe por todo o rosto, exceto na área em volta dos olhos e das sobrancelhas. Se cair um pouco do produto nas sobrancelhas, tire com água imediatamente, caso contrário a máscara secará e poderá puxar os fios na hora de retirá-la;
  4. Espere secar por volta de 30 minutos, até sentir a máscara endurecida, repuxando a pele com os movimentos;
  5. Com ela seca, comece a retirá-la das bordas para o centro do rosto;
  6. Caso fiquem resíduos, lave o rosto com água morna.

Desvantagens da máscara

Segundo a Dra. Flávia, os principais riscos são as possíveis alergias, irritações e eczemas, dependendo do tipo de pele. Para evitar esses problemas, teste o produto em alguma parte pequena de seu corpo antes de aplicá-la no rosto.

Além disso, a dermatologista considera que a máscara ainda não é a única solução para o problema. Segundo ela, o produto “é eficaz, mas ainda não observamos eficácia maior do que outros tratamentos consagrados, como o ácido salicílico, retinóico e ácido glicólico”.

Onde comprar a máscara removedora de cravos?

As máscaras mais conhecidas são as das marcas Body Store, Racco, Shills e Boscia, mas também existem outras marcas menos famosas que oferecem o mesmo produto. (GALERIA)

Agora você não tem mais desculpas para ter o rosto cheio de cravos e marcas de acne, né? Escolha a sua e experimente ter uma pele mais limpa, hidratada e macia!


PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/conheca-a-mascara-preta-removedora-de-cravos/ 

Strawberry balls curler: fazendo cachos com os morangos mágicos

Aprenda a usar os famosos moranguinhos mágicos e experimente ter cachos incríveis feitos em casa e sem uso de aparelhos térmicos

Quem tem cabelo liso sabe como é difícil texturizar as madeixas e sair do liso convencional de cada dia. Para isso já foram criadas as mais diversas formas de enrolar o cabelo: desde os bobes – comuns ou térmicos, babyliss, o Miracurl e muitas outras técnicas.

Acontece que a solução acaba virando problema em muitos casos. As altas temperaturas utilizadas em cada ferramenta podem garantir a duração do efeito enrolado, mas causam muitos danos aos fios.

As mulheres vivem buscando soluções que mantenham o visual charmoso dos fios enrolados, mas que não prejudiquem a saúde do cabelo. Assim, foi criado o Strawberry Balls Curler, ou “Moranguinhos mágicos”.Os famosos moranguinhos, além de lindos, são a opção ideal para obter um cabelo enrolado com aspecto saudável e natural. Feitos de espuma, eles lembram aqueles antigos bobes feitos do mesmo material, mas são muito mais fofos e práticos.

Como usar os moranguinhos mágicos

A aplicação e remoção dos morangos no cabelo é bem fácil. O especialista Wagner Ramos indica que eles podem ser usados em qualquer tipo de cabelo, e a boa notícia é que eles não apresentam contraindicação.

Siga o passo a passo abaixo para mudar o visual e investir nos cachinhos com o Strawberry Balls Curler:

  1. Prepare seu cabelo para receber os moranguinhos. “Os cabelos devem estar secos e escovados”, sugere Wagner;
  2. Separe o cabelo em pequenas mechas;
  3. Encaixe a ponta da mecha no corte que fica na lateral do produto;
  4. Comece a enrolar de baixo para cima, até a altura que desejar;
  5. Deixe-os no cabelo até obter o resultado desejado. Se preferir, faça o procedimento antes de dormir e só retire-os ao acordar. A maciez da espuma não machuca a cabeça e evita incômodos;
  6. Para retirar, basta desenrolar o cabelo, de cima para baixo, fazendo o inverso da aplicação.

Resultados esperados

Os resultados obtidos com os moranguinhos mágicos dependem da textura do cabelo. Por isso, para um melhor resultado, o ideal é que os fios estejam esticados, pois aderem qualquer modelagem. O tipo do cabelo também interfere na durabilidade dos cachos. Ainda segundo Wagner, “quanto mais lisa e fina a fibra, menor durabilidade. Cabelos medianos duram maior tempo, que em geral é de um a dois dias, por se tratar de um mecanismo de penteado”.

Onde comprar?

Os moranguinhos mágicos ainda não são tão populares no Brasil, então, as lojas que apresentam os melhores preços são as de fora, mas a boa notícia é que elas entregam aqui. A única diferença é o tempo de postagem, que, por conta da importação, é mais longo que o das lojas locais.

Cuidados e dicas essenciais

Uma das principais vantagens dos Strawberry Balls é que eles não causam danos aos fios. Segundo Wagner Ramos, isso acontece graças ao seu material flexível e aderente. Ele lembra, porém, que o uso deve ser com os cabelos já secos, e nunca com os fios molhados.

Existem algumas dicas que vão te ajudar a aprimorar o resultado e obter os cachos perfeitos. Veja abaixo:

  • Se seu cabelo for muito liso e fino, o especialista recomenda que se aplique um mousse ou fixador capilar antes da montagem dos cachos;
  • Em caso de cabelos crespos, facilite a modelagem passando a chapinha antes de aplicar os moranguinhos;
  • Enrole sempre de baixo para cima para evitar a formação de nós;
  • Quanto maior o tempo com eles no cabelo, maior definição dos cachos. Vale a pena esperar!

Os moranguinhos mágicos certamente valem a pena para você que não quer danificar os fios ao enrolá-los e que busca uma nova opção para cachear as madeixas, além de serem uma alternativa super barata. Experimente!


PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/strawberry-balls-curler-como-fazer-cachos-com-os-moranguinhos-magicos/ 

Como aplicar o blush

Aprenda como deixar seus traços mais femininos e a aparência mais saudável de forma harmoniosa usando o blush

Além de oferecer uma aparência mais saudável e corada e dar o acabamento em qualquer maquiagem, o blush realça a fisionomia, transformando ou destacando o formato do rosto. O problema está na hora de aplicar: como usar da melhor forma, para evidenciar o rosto de forma natural e bonita?

É normal “errar” no momento da aplicação. Isso porque muitas técnicas são aprimoradas ao longo das tentativas: só assim fica claro o que funciona e o que não funciona para cada formato de rosto, textura e tom de pele e qualquer outro detalhe que possa fazer diferença.

Há truques para resultados específicos e cores ideais para cada tom. E a ferramenta usada para aplicar o produto também faz toda a diferença!

Seja como efeito bronzeador, apenas para corar as maçãs do rosto ou como contorno de maquiagem, o segredo é saber usar e escolher o produto ideal para você, de acordo com o seu rosto, para que o produto realmente valorize seus traços femininos.

O blush ideal para cada tom de pele

As principais marcas de maquiagem comercializam diversos tipos de blush: líquido, em creme ou em pó. Para escolher a textura perfeita para a sua pele, vale a pena testar as diversas versões do produto para identificar a que apresenta melhor aderência e facilidade de manuseio para você.

A escolha da cor, por sua vez, deve ser feita a partir da harmonização com o tom de pele. Veja abaixo as dicas do maquiador Rosman Braz para não errar na cor, com base em seu tom de pele.

Pele muito clara

Rosman sugere para as mais branquinhas que evitem o blush em tom marrom ou rosa aberto. Para elas, a melhor aposta é a mistura entre pêssego e rosa, mas sempre de forma suave e com pouco brilho.

Pele clara

As que possuem a pele um tom mais escuro, mas ainda na linha de pele clara, podem explorar mais cores, mas evitando tons fortes como o rosa pink. A combinação de cores aqui também é uma boa opção: “Eu aconselho que elas apliquem um tom bronze suave por baixo e o rosa por cima, para dar o ar de saúde sem deixar carregado”, sugere o maquiador.

Pele morena

A cor inimiga, nesse caso, é o terracota. Se você faz parte do grupo das morenas, evite-a. Ao contrário, aposte nos rosados, que, segundo Rosman, ajudam a quebrar o tom da pele, fazendo um equilíbrio.

Pele negra

As negras devem tomar cuidado apenas com tons claros de rosa, que oferecem um acabamento mais seco. A aposta, então, é nos tons mais fortes como vinho e bronze escuro.

Qual a textura ideal para você?

A escolha da textura certa implica no resultado e na praticidade na hora de aplicar. Cada tipo tem suas vantagens e desvantagens, confira e escolha o seu favorito:

1. Pó: o blush em pó é um dos mais comuns, podendo vir em pó solto ou compacto, além de poder ter 1 cor, 2 cores ou um mosaico de cores. Ele é o tipo mais fácil de usar e é indicado para quem tem a pele jovem e gosta de aplicar o produto usando pincel.

2. Creme: o blush em creme pode vir em potes ou bisnagas. Sua aplicação pode ser feita com os dedos e deve vir logo após a base. Os blushes em creme, mousse e líquido são ideais para peles maduras, pois se espalham melhor mesmo com as linhas de expressão.

3. Mousse: o blush mousse é similar ao creme, porém mais consistente na textura. Deve ser aplicado com cuidado para não ficar forte demais no rosto. É ideal para levar em viagens, pois, diferente do pó, não “derrama” espalhando blush na sua necessaire que vai na mala.

4. Líquido: o blush líquido parece uma tinta e sua aplicação pode ser meio complicada, devido à possibilidade de manchar a pele se não for bem espalhado. Para passa-lo, pingue duas ou três gotinhas no local e espalhe esfumando com o dedo. Cuidado ao esfumá-lo para não acabar removendo a base.

5. Bastão: o blush em bastão é prático para carregar na bolsa e usar no dia a dia, afinal sua embalagem em geral é mais resistente, similar à de um batom. Para aplica-lo, faça uma bolinha com o bastão na maçã do rosto e esfume com os dedos. Deve ser aplicado antes do pó facial.

6. Pérolas: as pérolas possuem aplicação e efeito similar ao blush em pó. A diferença é que ele vem no formato de bolinhas, e, em alguns casos, pode ter bolinhas de diferentes tons de blush, como os blushes mosaicos.

Como aplicar o blush

A aplicação do produto pode ser feita com pincel ou diretamente com as mãos, de acordo com a cobertura desejada ou a textura do produto. Para os produtos em pó, o ideal é usar pinceis. Já as versões em creme e líquido podem ser espalhadas no rosto com os dedos, mas sempre com o cuidado de esfumar bem para evitar que o produto fique muito marcado na pele.

Rosman prefere os pinceis e aproveita as ferramentas para misturar nuances do blush: “Com o primeiro pincel aplico uma leve cor bronze, em formato de bola, para dar mais saliência e marcar mais o rosto. Já com o segundo pincel é ideal aplicar um tom mais rosado ou pêssego”.

Escolha seu pincel com base no resultado esperado:

1. Pincel tradicional: bem fácil de ser encontrado em qualquer perfumaria. A função dele é fornecer um efeito bem natural ao blush, e garante isso graças às suas cerdas amplas, que esfumam o produto;

2. Pincel chanfrado: mais fino e inclinado, fornece uma pigmentação mais forte e marcada;

3. Pincel Duo Fiber: ótimo para blushes cremosos, ele espalha uniformemente o produto. Pode ser uma boa saída para quem prefere pigmentações fortes, pois permite um efeito esfumado;

4. Kabuki: menor que o tradicional, mas capaz de fornecer um efeito natural e uniforme. Não exagere na quantidade de blush quando usar esse tipo de pincel;

5. Pincel Kabuki chanfrado: esse tipo fornece um resultado mais forte na pele. Mais fino que o chanfrado anterior, as adeptas a esse tipo de pincel devem ficar atentas à marcação do rosto com excesso de produto.

Quando aplicar o blush: antes ou depois do pó?

Em geral, o produto tem a função de dar o toque final à sua maquiagem, sendo aplicado, normalmente, depois de toda a preparação da pele com base, corretivo e pó. A ideia é que ele feche a maquiagem dando cor ao rosto. Porém, essa regra vale apenas para os blushes em pó, a versão mais usada e comum.

Para blushes líquidos e cremosos, você pode fazer a aplicação entre a base e o pó, tomando apenas cuidado de aplicar o pó com leveza para não remover a cor do blush. Essa opção de passar o blush antes do pó é ideal para quem tem medo de pesar a mão na quantidade de produto. Deixando para passar o pó depois, você consegue esfumar o rosto e suavizar a cor do blush na pele, garantindo que o resultado fique bonito e suave.

A aplicação correta para cada formato de rosto

Além da escolha da ferramenta ideal, deve-se também observar as dicas para valorizar o formato do seu rosto com o uso do blush. A técnica para a aplicação pode depender do seu rosto e do que se espera da maquiagem.

Antigamente, o blush era usado apenas para colorir as maçãs, a fim de obter uma aparência mais saudável. Hoje, já foram descobertas outras funções para ele. O produto pode ser usado para um efeito bronzeado e iluminador, ou até para redesenhar o rosto, afinando-o e disfarçando detalhes. Tudo isso depende da técnica usada na aplicação. “Um truque é passá-lo fazendo biquinho, pois deixa o rosto mais fino”, revela Rosman.

Por exemplo, mulheres com rostos mais estreitos devem usar o produto mais nas bochechas para dar a impressão de um rosto mais “cheio”. Já quem tem o rosto mais arredondado, deve usar o produto nas laterais do rosto em direção ao cabelo. Isso tudo, claro, com muita suavidade e muito bem esfumado, para não deixar os traços marcados e muito fortes.

Blush como contorno facial

O contorno dá um toque mais profissional à maquiagem e é especialmente indicado para ocasiões festivas à noite. Ele realça os pontos que devem ser destacados no rosto – ponta do queixo, maçãs do rosto e parte superior da testa, etc – ao passo que sombreia outros, que serão disfarçados ou afinados – normalmente bochechas, laterais do nariz, parte superior da testa, entre outros. Os lugares a serem iluminados e/ou sombreados dependem do que você quiser disfarçar, corrigir ou afinar.

A técnica pode ser feita com base – sempre um ou dois tons acima da cor de sua pele – ou, neste caso, com o blush, desde que a cor seja adequada para esse tipo de uso, ou que seja um bronzer forte que possa substituir o produto.

E não se esqueça: quando se trata de blush, a regra de ouro é não exagerar. Ele nunca deve ficar marcado demais no rosto, mas apenas dar um toque “corado” à sua pele, para passar uma impressão de saudável. Não exagere na aplicação.


PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/como-aplicar-o-blush/ 

Unhas decoradas francesinhas: aprenda a fazer

Chique e delicada, a nail art mais pedida nos salões requer técnicas simples e pode ser feita por você mesma

Clássica, delicada e atemporal, a escolha mais famosa entre as mulheres que vão ao salão para fazer as unhas é a francesinha. O estilo clarinho com uma faixa branca apenas nas pontas das unhas continua sendo sucesso e traz hoje uma variedade maior para aquelas que preferem os tons mais fortes.

Atualmente não há mais regra para o conceito: há a tradicional, a de duas linhas e até a inversa e elas podem ser decoradas com as mais diversas cores e texturas de esmalte. Segundo a manicure Márcia Marinho da Costa, da Esmalteria Nacional Vila Olímpia, em São Paulo, a versão colorida é uma derivação da técnica, conhecida como inglesinha.

Por ser tradicional e prática, a unha com francesinha combina com qualquer momento. Desde as festas mais formais até o dia a dia comum das mulheres. Além de ser uma ótima opção de unha decorada para noivas.

Além disso, quem tem dificuldade para fazer o traço perfeito pode escolher outra técnica para aderir a nail art: com adesivos e carimbos feitos do próprio esmalte, por exemplo, fica muito mais fácil acertar o desenho. São várias as formas de deixar sua unha linda e pronta para qualquer ocasião.

Como fazer a francesinha tradicional

Para quem prefere fazer as unhas sem sair de casa, a boa notícia é que apesar de parecer difícil, com prática, a técnica se torna mais fácil de fazer. Siga as dicas a seguir para fazer sua própria francesinha em casa:

  1. Prepare suas unhas: corte (se necessário), lixe e faça as cutículas;
  2. Aplique o esmalte que preferir na base. Se optar por combinar cores, o ideal é que o primeiro seja mais claro, para possibilitar a cobertura da francesinha;
  3. Aplique a segunda camada do esmalte de base;
  4. Com o esmalte totalmente seco, desenhe a faixa na largura desejada. Se preferir, delineie antes com um pincel mais fino. Uma boa forma de garantir a precisão é, com o dedo inclinado, desenhar a faixa no sentido vertical, acompanhando o desenho da unha;
  5. Se necessário, aplique uma segunda camada na faixa da francesinha, tomando cuidado para que ela não ultrapasse o limite delineado antes;
  6. Finalize com um top coat para garantir a durabilidade da esmaltação.

Outras técnicas para fazer a francesinha passo a passo

Assista aos videos para aprender maneiras diferentes de fazer a esmaltação francesinha e pratique a que mais lhe parecer fácil de seguir:

Francesinha com fita adesiva

Para quem tem dificuldade em acertar o traço, vale tentar a ajuda de um adesivo. Hoje, as principais marcas de esmalte comercializam um conjunto de adesivos próprios para francesinha, mas, se preferir, adote a técnica “do it yourself” (faça você mesma) e corte fitas adesivas no tamanho correto para sua unha. A ideia é que ele acompanhe o formato da ponta da unha, para ser colada nela, com a largura a sua escolha.

Pinte toda a parte entre o adesivo e a ponta da unha e aplique quantas camadas for necessário. Lembre-se que a unha deve estar completamente seca, pois garante maior aderência do adesivo e permite que a cola seja tirada sem que se danifique o esmalte.

Francesinha com carimbo improvisado

Outra técnica prática e rápida é a que simula um carimbo. Pincele uma quantidade de esmalte da cor escolhida para a faixa na ponta de um dos polegares, para que forme uma pequena reserva, e “carimbe” a pontinha das unhas nela.

Francesinha inversa

Uma derivação que está fazendo a cabeça das mulheres é a francesinha inversa. A técnica usada pode ser tanto com adesivo quanto à mão, basta trocar a faixa de lugar: das pontas das unhas, ela vai para a região mais próxima das cutículas. É uma forma de inovar sem fugir muito da prática original.

Dicas para uma francesinha perfeita

Existem algumas dicas que podem te ajudar a fazer uma francesinha impecável. Veja abaixo e anote para aprimorar sua técnica:

  • Lixe sua unha para deixá-la no formato perfeito. Segundo Márcia, o ideal é que a unha esteja quadrada;
  • Antes de começar a esmaltação, prepare a unha com base, e finalize a decoração com um top coat para o acabamento;
  • Deixe o esmalte principal secar antes de começar o traço da francesinha. Isso evita que o traço danifique o esmalte de baixo;
  • Se optar pela Inglesinha, escolha uma cor mais escura que a base para o traço. Assim não serão necessárias muitas camadas de esmalte para atingir uma boa pigmentação.

Inglesinha ou francesinha colorida: inspire-se com os mix de cores

As mulheres mais modernas podem usar e abusar da nail art derivada da francesinha tradicional: a versão colorida, também conhecida como Inglesinha. Nela são misturados tons, cores e até texturas diferentes. Basta combinar dois esmaltes e adotar o resultado descontraído que ela propõe.

Para estimular sua criatividade, veja a dica que a Márcia deu, contando as combinações que mais bombam no salão:

  • Rosa com a pontinha branca;
  • Preto com acabamento fosco com a ponta com extra brilho;
  • Branco com a pontinha prata;
  • Azul com a ponta dourada.

PUBLICADO EM: PORTAL DICAS DE MULHER

PUBLICAÇÃO ORIGINAL: https://www.dicasdemulher.com.br/aprenda-a-fazer-francesinha-nas-unhas/